Imagem - Getrak
Imagem - Getrak
Rastreamento
21 de maio de 2018
9 razões para investir no mercado de rastreamento veicular e ser um empreendedor de sucesso
g
Publicado por
Getrak
Compartilhe:

Por que investir no mercado de rastreamento veicular? Com o crescimento da violência no país tem feito com que gestores empresariais e pessoas se preocupem mais com a segurança de seus veículos.

 

Nesse contexto, apenas os seguros de automóveis não são mais suficientes e um novo segmento passa a ganhar espaço no mercado: o de rastreamento e monitoramento veicular, que pode funcionar de forma complementar aos seguros.

 

Como uma das primeiras preocupações para quem deseja empreender é identificar um nicho de segmento que permita investimentos seguros e com alto potencial de retorno. O mercado de rastreamento de veículos desponta como uma opção muito interessante e vários aspectos contribuem para que essa tecnologia ganhe cada vez mais relevância no Brasil.

 

Pensando nisso, decidimos reunir, neste artigo, uma série de motivos que podem convencer você a abrir a sua própria central de monitoramento, o quanto antes. São aspectos que refletem bem o estado atual desse mercado e revelam um grande campo de atuação que ainda não foi plenamente explorado.

Imagem - Getrak
Material Rico

Tudo que você precisa saber sobre rastreamento, monitoramento e telemetria!

Que tal começar a se informar com o nosso artigo?

 

09 motivos para investir no mercado de rastreamento veicular

 

Com um sistema de rastreamento GPS, os administradores conseguem acessar os backups de dados da sua frota corporativa. As distâncias e o tempo gasto, o número de tarefas concluídas e de paradas e a velocidade média de condução são registrados por meio do rastreamento por GPS.

 

Dependendo do tipo de sistema, você pode consultar todos os tipos de informações sobre o uso do veículo. Esses dados são extremamente úteis para o planejamento de recursos, a otimização de direção e o gerenciamento de cronograma, por isso a alta demanda do serviço. 

 

Assim, um rastreador GPS ajudará a monitorar se os veículos estão operando no perímetro e no tempo acordados e se estão ultrapassando o limite de velocidade. Dessa forma, a procura é alta para que as empresas possam ter um melhor planejamento com essa estrutura fornecida. Já para o investidor, os custos são bem baixos e o retorno é rápido e certo.

 

1. Estabilidade e crescimento, mesmo em épocas de crise

 

O mercado de rastreamento de veículos é um dos poucos que crescem, ainda mais durante uma crise econômica. O país conta com uma frota de mais de 100 milhões de veículos e, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Brasil teve mais de  318 mil veículos furtados e/ou roubados em 2020.

 

À medida que a violência aumenta, crescem a insegurança e a busca por soluções. É como diz o ditado: “enquanto alguns choram, outros vendem lenços”. Por se tratar de um serviço de proteção e segurança, o ramo de rastreamento tende a registrar índices de crescimento significativos e se apresenta como uma boa opção para empreender.

 

Outro fator relevante é que o transporte de cargas se dá, principalmente, pelo modal rodoviário. Um levantamento feito pelo Jornal Nacional mostra que 85% da produção nacional são escoadas por meio da malha rodoviária. O impacto dessa dependência foi claramente exposto pela greve promovida pelos caminhoneiros, em maio de 2018.

 

2. Público-alvo amplo

 

Os potenciais clientes para serviços de rastreamento podem ser divididos em dois grandes grupos. O primeiro é o que deseja serviços de segurança. Ele abarca desde veículos médios e leves que circulam pelas cidades, como caminhões menores, carros de passeio e utilitários, até os de grande porte, que trafegam pelas rodovias interestaduais.

 

O aumento na demanda pelos serviços de rastreio, monitoramento e bloqueio de veículos por pessoas físicas acaba sendo impulsionado pelas empresas de seguros, que oferecem descontos para carros equipados com dispositivos desse tipo.

 

O outro grande grupo de potenciais clientes é consequência da procura por serviços de apoio logístico. O crescimento desse segmento de mercado reflete a busca constante de empresas e motoristas por alternativas que resultem em redução de custos e ganhos contínuos de qualidade no atendimento aos seus clientes.

 

O ramo de monitoramento de frotas para pequenas e médias empresas demanda informações sobre o roteiro percorrido, o tempo de parada, a velocidade média e os demais indicadores que auxiliam na medição da produtividade.

 

3. Estrutura simplificada para começar o negócio

 

Quando você pensa em uma central de rastreamento, provavelmente, deve vir à sua mente a imagem de uma sala com incontáveis metros quadrados, povoada com vários operadores atentos aos gráficos transmitidos em um grande telão, não é mesmo? É claro que existem muitas centrais exatamente assim.

 

Porém, essa não precisa ser, necessariamente, a realidade de quem quer abrir uma central para rastrear informações de automóveis, caminhões ou motocicletas.

 

O software de rastreamento é o pilar central para esse tipo de empreendimento, pois é por meio dele que se estabelece a comunicação com os rastreadores e os clientes conseguem acessar os relatórios com dados de telemetria. Em relação ao hardware, os rastreadores podem ser adquiridos de um fornecedor ou diretamente do fabricante.

 

A Getrak tem parcerias com algumas das principais marcas, permitindo que você compre os equipamentos com condições especiais. Nossa equipe também presta a orientação necessária para a compra dos chips de comunicação, ajudando na contratação do plano mais adequado.

 

Graças a isso, sua empresa não precisará de uma grande estrutura para começar a trabalhar. Basta ter um endereço fixo e um computador com acesso à internet. Como veremos no próximo tópico, há outras vantagens que facilitam ainda mais os primeiros passos do negócio.

 

4. Investimento inicial relativamente baixo

 

O custo para abrir um negócio é composto pelo investimento inicial que você precisa para fazer o negócio funcionar (maquinário, sala, matéria-prima, software etc) e pelo capital de giro que a sua empresa precisa ter para manter a atividade da empresa. 

 

Para uma central de rastreamento esse investimento inicial é relativamente baixo, pois os rastreadores tem um excelente custo benefício e a plataforma de rastreamento é vendida no modelo SaaS — pago por meio de mensalidade —, o que barateia o custo do serviço. 

 

Do mesmo modo, os planos de conectividade tem um baixo custo e também são pagos mensalmente, tornando o investimento inicial para abrir sua central de rastreamento baixo.

 

5. Setor em constante evolução tecnológica

 

Todos os mercados estão passando por mudanças significativas nos últimos anos, fortemente impulsionadas pela evolução tecnológica. As soluções de rastreamento, com certeza, terão uma participação importante no futuro do setor automobilístico. A tendência é de que as próximas gerações de automóveis tenham foco na conectividade.

 

Inclusive, já existe um alto investimento por parte dos fabricantes no desenvolvimento de carros autônomos, que são capazes de se comunicar constantemente para evitar acidentes. Alguns modelos de grandes marcas já estão saindo da fábrica equipados com dispositivos de rastreamento, e é muito provável que essa seja uma característica definitiva do setor automotivo para os próximos anos.

 

Márcio Fabozi é diretor de vendas da Sierra Wireless, empresa multinacional líder em IoT (Internet of Things ou Internet das Coisas, em português). Ele explica que essas mudanças tecnológicas podem ser mais um ponto positivo para quem deseja investir em uma central.

 

“Imagine quantos milhões de carros lançados antes de 2018 não contam com um rastreador instalado. Essa tendência pode provocar o aumento de pessoas e empresas interessadas em adquirir esse serviço.”

 

6. Alto potencial para a inovação

 

Todas essas mudanças causadas pela evolução da tecnologia abrem espaço para os chamados negócios disruptivos — aqueles que são capazes de gerar verdadeiras revoluções no mercado. Eles criam novos paradigmas e destroem ideias que antes pareciam insuperáveis.

 

Existem dois campos bem definidos no mercado de rastreamento: um é voltado para a telemetria e o outro para a recuperação veicular. Nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, o mercado tem se movimentado com maior foco na telemetria, coletando informações sobre como o condutor está dirigindo.

 

Hoje, o Brasil anda na contramão e o principal interesse dos empresários ainda é vender um aparelho que aponte somente a localização do veículo. O segmento de telemetria ainda é pouco explorado pelos empreendedores do ramo em nosso país. Por isso, há espaço para quem estiver disposto a adicionar ao seu portfólio as várias funções inovadoras que essa ferramenta é capaz de entregar.

 

7. Serviços adicionais como diferencial competitivo

 

Em terras brasileiras, os frotistas são os que mais utilizam um pacote robusto de informações transmitidas pelos pequenos aparelhos. É por meio deles que se faz o gerenciamento da frota e da carga transportada, recebendo informações de velocidade em tempo real e histórico das viagens percorridas, por exemplo. Porém, essa prática ainda não é tão usual para os motoristas “pessoa física”.

 

Uma das oportunidades para os empresários que já trabalham nesse mercado ou querem abrir uma central é adicionar serviços na cadeia de valor. Com isso, construir um modelo de negócio que não se limite à recuperação de carros roubados.

 

“Existem desde softwares de monitoramento que fazem análises de dados e fornecem inteligência por trás disso. As empresas do ramo podem “empacotar” as informações e oferecer um serviço diferenciado”, pontua Fabozi. Com isso, os empreendedores têm mais alternativas para agregar valor ao seu negócio e valorizar sua marca no mercado.

 

8. Alta lucratividade

 

Os aspectos listados acima revelam que o potencial de lucro de uma central de rastreamento é bastante alto. Oferecendo um serviço de qualidade e utilizando estratégias de vendas e marketing sustentadas pela oferta de produtos e serviços complementares, é possível aumentar sua base de clientes e manter altos índices de satisfação.

 

No mercado de rastreamento veicular, os itens básicos são o equipamento rastreador, o chip de comunicação e o software. Os serviços de rastreamento, a coleta de dados de telemetria e a assistência 24 horas atuam para tornar a experiência mais completa, por um preço que é acessível e vantajoso para o cliente. Afinal, receber todo o suporte de uma empresa só é muito mais cômodo.

A expectativa de lucro para uma central de rastreamento que esteja rodando da forma correta pode chegar até a 30% sobre o valor do investimento. 

 

9. Receitas recorrentes

 

O conceito de receita recorrente está entre os principais pontos fortes do segmento de rastreamento veicular. Trata-se de um sistema em que a adesão do cliente é facilitada e os pagamentos são realizados mensalmente, algo que se tornou bastante comum graças ao pioneirismo de empresas como o Netflix e o Spotify.

 

Com isso, em vez de apostar todas as fichas em um modelo de negócio baseado em compras esporádicas, sua empresa terá uma base de clientes que paga regularmente pela prestação de um serviço por tempo determinado. Isso facilita bastante a gestão do negócio, que terá condições de prever as variações no fluxo de caixa com mais precisão.

 

Consequentemente, o empreendedor terá melhores condições para tomar decisões sobre a alocação de recursos financeiros e avaliar investimentos de longo prazo. O planejamento estratégico tende a ser mais eficaz e o gestor poderá agir antecipadamente para se proteger de momentos de instabilidade.

 

Novo mindset para o Mercado de rastreamento veicular 

 

Acompanhar as tendências do mercado de rastreamento veicular e telemetria é uma importante vantagem competitiva para este segmento no cenário brasileiro, sobretudo para quem deseja iniciar um novo negócio.

 

Além disso, agregar valor frente a concorrência, é essencial para:

 

  • A prospecção de novos consumidores;
  • fidelização de clientes;
  • oferta de uma experiência de qualidade e personalizada,  usando a tecnologia Business Intelligence (BI) a favor e como fator decisório. 

 

Para garantir o sucesso dos serviços ofertados no segmento veicular é preciso investir em diferenciais, acompanhar as tendências do mercado, claro que dentro das possibilidades estruturais e financeiras da empresa, e além disso, focar na melhor experiência possível para o cliente.

 

Veja o que diz André Saliba, diretor comercial da Getrak, sobre as oportunidades para o segmento: 

 

“As soluções de segurança disruptivas como as tecnologias 4G, NB IoT e CatM ocuparão um lugar de destaque. A tendência é que as empresas especializadas vejam essa evolução do setor e invistam em tecnologias alternativas que busquem aumento de performance e redução de custo”. 

 

Conclusão

 

A rentabilidade, baixo custo inicial e facilidade de operação são grandes diferenciais e respondem a pergunta  do porquê investir no mercado de rastreamento veicular. Portanto, não perca mais tempo e comece a estudar maneiras de implementar o rastreamento veicular em sua empresa para conquistar uma logística de alta performance.

 

Está decidido a investir em segurança e rastreamento veicular? Acesse nossa página e veja como é simples montar a sua central de rastreamento.