Imagem - Getrak
Imagem - Getrak
Empreendedorismo
13 de julho de 2018
Como e por que fazer a análise de viabilidade de um negócio?
g
Publicado por
Getrak
Compartilhe:

Ao pensar em tirar o tão sonhado negócio próprio do papel, é preciso fazer uma análise de viabilidade econômica. Isso porque é importante entender se as expectativas esperadas pelo empreendedor, na prática, podem ser alcançadas.

Mais do que ter confiança no negócio, é necessário traçar algumas metas assertivas para conquistar o espaço no mercado.

Para se manter economicamente estável durante os primeiros meses e até anos de funcionamento, é preciso ter cautela desde o planejamento até a abertura do negócio.

Se você está pensando em abrir seu negócio próprio, confira como e por que fazer um estudo de viabilidade econômica do seu empreendimento. Vamos entender um pouco mais sobre os conceitos, indicadores e como fazer a análise?

O que é uma análise de viabilidade econômica

Para os economistas, trata-se de realizar um estudo que mensura se um investimento tem potencial de viabilidade econômica e financeira. Na prática, consiste em analisar todos os fatores que determinam se o negócio tem potencial para o sucesso ou não.

Portanto, com o estudo da viabilidade econômica é possível prever se os retornos obtidos pelo negócio têm previsão de repor o investimento inicial em um prazo razoável, respondendo ao empreendedor se o negócio tem chances de prosperar ou não e direcionando melhor o investimento.

Por que realizar essa análise antes da abertura do negócio

Um dos papéis fundamentais da realização de um estudo de viabilidade econômica e financeira é a otimização da tomada de decisão sobre as condições do negócio. De acordo com os resultados dessa análise, é possível saber se vale a pena ou não fazer o investimento.

Imagem - Getrak
Material Rico

Tudo que você precisa saber sobre rastreamento, monitoramento e telemetria!

Outro fator importante da realização prévia de um estudo de viabilidade é o investimento em um bom planejamento estratégico para apresentar todas as vantagens e desvantagens dos itens que serão analisados.

Um estudo de viabilidade é uma previsão, mesmo com um considerável grau de incerteza, sobre o futuro do empreendimento. Trabalhando com a sensibilidade e testes de diversos cenários, é possível alcançar resultados mais fiéis do retorno esperado com o investimento.

Essa análise permite mensurar o tempo no qual o investidor prevê o retorno do valor aplicado, quais as condições de atuação da empresa para otimizar o retorno, além de identificar lucros e prejuízos esperados durante o início de funcionamento.

Quais são os passos para fazer a análise do seu futuro negócio

Se você está planejando a abertura do seu negócio, separamos alguns fatores que devem ser levados em consideração na hora de fazer uma análise de viabilidade para entender os melhores destinos para o seu investimento.

Projetando a receita da empresa

Essa é uma análise que permite identificar a capacidade real que o empreendimento tem de gerar dinheiro.

Os principais fatores para a realização uma projeção mais exata são: conhecer o potencial do mercado que se pretende investir, não projetar números exagerados, não mensurar a partir da capacidade total do empreendimento, entre outros.

Para gerar mais receita, é preciso projetar investimentos que podem ser realizados no decorrer das atividades. Por exemplo, para entender o quanto uma empresa é capaz de gerar receita, é preciso mensurar o quanto ela produz.

Mensuração de despesas, custos e realização de investimentos

Assim como é possível prever quanto o empreendimento trará de retorno no decorrer do seu funcionamento, também é necessário analisar quais serão os custos, despesas e como investir recursos ao longo do tempo.

Os custos podem ser fixos ou variáveis. Para abertura do negócio, por exemplo, uma série de gastos devem ser previstos como documentação, publicidade, entre outros. Os gastos fixos são aluguel, mobiliário, máquinas, ou seja, os itens que serão necessários para realização das atividades da empresa.

Por isso, é comum verificar uma falha na abertura de uma empresa onde o empreendedor considera apenas a necessidade de um investimento inicial. Nos primeiros meses e até anos de funcionamento, poderá ser necessário custear a manutenção das atividades.

Diante desse cenário, a empresa tem crescimentos contínuos da receita quando tem uma estratégia de aplicação de investimentos no decorrer do seu período de funcionamento, tanto para custear as despesas fixas quanto para promover o aumento da produtividade.

Os indicadores

Em termos numéricos, alguns indicadores precisam ser analisados para mensurar a viabilidade econômica de um investimento. De acordo com os resultados, é possível identificar as expectativas quanto aos retornos da empresa.

  • Taxa Mínima de Atratividade (TMA): indica o retorno mínimo esperado do investimento;
  • Valor Presente Líquido (VPL): são os valores de fluxo de caixa esperados em uma determinada data. Se o VPL for positivo, a empresa pode gerar lucros, mas se for zero, o investimento apenas se pagará pelo período;
  • Taxa Interna de Retorno (TIR): mensura o quanto o investimento é rentável;
  • Payback: indica em quanto tempo o investimento inicial terá o retorno esperado.

Uma projeção de mercado

É preciso identificar quais as potencialidades do mercado que se pretende investir. Se o setor está saturado, é preciso buscar novidades ou brechas que possam criar uma diferenciação, gerando maior demanda.

Realizando um estudo de viabilidade, é possível mensurar se vale a pena investir em mercados que se apresentam saturados, mesmo tendo um projeto inovador, e quais serão as expectativas quanto a receita e o retorno do investimento.

Quais fatores devem ser considerados

Após a realização de um estudo de viabilidade econômica e financeira de um empreendimento, os resultados devem ser levados em consideração para a tomada de decisão. Os indicadores apontam expectativas reais quanto a lucratividade do negócio, por isso devem ser analisados com cautela.

É preciso estar preparado financeiramente para dar suporte ao empreendimento até que os retornos esperados sejam alcançados. Por isso, é preciso, antes mesmo de iniciar o negócio, ter esse aporte financeiro para não incorrer na falência antes do primeiro ano de funcionamento.

A realização de uma análise de viabilidade econômica de um empreendimento é de fundamental importância para não desperdiçar dinheiro ao investir em projetos que possam não trazer o retorno esperado.

Portanto, é necessário projetar a empresa no mercado para entender se os custos e receitas justificam o investimento.

Defina o público-alvo da empresa

O público-alvo envolve as pessoas às quais o produto ou serviço de seu negócio atenderá. São esses indivíduos que vão consumir o que sua empresa oferece de melhor e, consequentemente, trarão capital para você.

Então, suprir a necessidade e o desejo de cada um deles é fundamental para seu desenvolvimento no mercado. Procure levantar informações como:

  • gênero;
  • idade,
  • classe social;
  • ocupação.

Assim, fica mais fácil definir um perfil e saber onde será necessário divulgar sua marca. Permita que o cliente o encontre com facilidade diante de um problema que possa ser resolvido pelo seu negócio.

Analise os concorrentes

É verdade que ficar vidrado naquilo que a concorrência faz é prejudicial para seu desenvolvimento no mercado. Afinal, você vai ver tanto o que os outros estão produzindo que se esquecerá de preparar novidades atrativas ao seu consumidor, ficando sempre um passo atrás dos concorrentes.

No entanto, uma análise de mercado completa e eficiente também envolve uma pesquisa (com equilíbrio) sobre aquilo que a concorrência vem desenvolvendo.

Assim, você pode ver seus erros e acertos, passando a oferecer produtos ou serviços de mais qualidade para o público-alvo.

Lembre-se também de investigar o que as marcas concorrentes oferecem. Dessa forma, é possível divulgar de forma aberta e sem medo o seu diferencial no mercado.

Contate bons fornecedores

Um fato que deve ser destacado a quem está começando um empreendimento no mercado é que não se consegue chegar a lugar algum sozinho. Será necessário lidar com as pessoas, sejam clientes ou parceiros de trabalho.

Por isso, é importante verificar quem oferece sua matéria-prima e pode fornecê-la para você sem gerar grandes transtornos. Avalie cuidadosamente:

  • os prazos de entrega;
  • a localização do fornecedor;
  • o custo com frete;
  • as condições de pagamento.

Fazer isso vai permitir tomadas de decisões seguras na hora de comprar os materiais necessários. Lembre-se de que, vez ou outra, essa pesquisa é fundamental para que você conheça as empresas que estão surgindo no mercado e podem ajudá-lo a se desenvolver.

Verifique as projeções do mercado

Para ser bem-sucedido, é preciso acompanhar as projeções feitas, ou seja, as análises de mercado que mostram qual é a tendência do setor em que você atua. Assim, será possível prever os altos ou baixos e estar preparado para enfrentar as diversas situações.

Por meio dessas projeções, também há a chance de identificar como está a colocação da sua empresa, ver o que pode ser oferecido de novo para os clientes e, como consequência, conseguir um melhor posicionamento no mercado.

Use a tecnologia a seu favor

Tomar as atitudes que citamos até agora é muito importante para fazer uma análise de mercado de sucesso. Alguns empreendedores pulam esse processo porque o acham muito trabalhoso e dispendioso (quando se trata de tempo).

Para resolver esse problema, é preciso conhecer as ferramentas que estão disponíveis e optar pelo uso das que facilitam seu trabalho. Quer conhecer algumas delas? Acompanhe os próximos parágrafos!

Plataformas de pesquisas

As plataformas de pesquisas são recursos que foram lançados para facilitar a vida do empreendedor. A melhor notícia é que podem ser encontradas no mercado em versões gratuitas e bem completas, próprias para quem está pensando em abrir um negócio próprio.

A partir dessas ferramentas, é possível criar questionários com um número limitado de perguntas e enviá-los a seus contatos. Assim, você terá a oportunidade de fazer uma análise de mercado completa.

Algumas plataformas de pesquisas ainda oferecem modelos prontos de questionários. Isso facilita a vida do empreendedor, que pode fazer uma pesquisa completa mesmo que ainda não saiba o que perguntar a seus clientes.

Analisadores sociais

Entender seu público-alvo, fazer um marketing apropriado e ter uma boa aceitação são fundamentais para crescer no mercado.

Muitas empresas têm apostado nas redes sociais e promovido suas marcas por meio delas, mas é preciso verificar se tudo está caminhando de acordo com o planejado.

Para tanto, são usados os analisadores sociais. Como o próprio nome sugere, eles permitem uma análise de suas páginas nas redes sociais, monitorando seu posicionamento e alcance. Essa ferramenta vai dar a você um relatório completo e mostrará os pontos que requerem melhorias em sua campanha de divulgação.

Coletores de dados

Um coletor de dados nada mais é do que um equipamento portátil, responsável por recolher informações a serem usadas em um sistema específico para fornecer os relatórios necessários mais tarde. Trata-se de uma excelente opção para que uma empresa de fornecimento consiga controlar o uso de seus clientes.

Por meio deles, é possível observar a aceitação de um produto, ver o quanto a clientela está usando o que você oferece e controlar o estoque.

Vale lembrar que demos apenas alguns exemplos de tarefas que um coletor de dados pode executar. Ainda é possível automatizar outras atividades, como a emissão de pedidos e as comandas.

Fazer uma análise de mercado eficiente e conhecer os aspectos que devem ser considerados no processo são partes importantes do desenvolvimento de seu negócio.

Por meio dessa ação, será possível verificar os resultados de suas atitudes, aproveitar novas oportunidades de negócios e preparar-se para situações difíceis. Você estará cada dia mais próximo de alcançar o sucesso desejado.

Gostou deste conteúdo sobre a importância da análise de viabilidade econômica ao projetar um investimento? Para aprender ainda mais sobre o assunto, aproveite a visita em nosso blog para descobrir como empreender.